Group Consultoria e Contabilidade – Blumenau e Gde. Florianópolis Auxílio emergencial em SC começa a ser pago em julho; veja como receber | Group Consultoria e Contabilidade - Blumenau e Gde. Florianópolis

Auxílio emergencial em SC começa a ser pago em julho; veja como receber

Os primeiros cadastrados no programa SC Mais Renda, lançado na última semana, devem começar a receber o benefício no mês de julho. No entanto, é preciso fazer o cadastro até o dia 23 de junho. A confirmação foi feita pelo governo do Estado nesta quarta-feira (16).

O SC Mais Renda é um programa de auxílio emergencial catarinense que atenderá profissionais que perderam o vínculo formal de emprego durante a pandemia e pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Segundo o governo, mais de 7 mil pessoas fizeram o cadastro até o momento. Para fazer o cadastro é preciso acessar o site sc.gov.br/scmaisrenda.

Além dessas pessoas, há outras famílias que constam do Cadastro Único (CadÚnico) e que, igualmente, passarão por validação conforme previsto na lei.

Em nota, o governo explicou que pagará a primeira das três parcelas de R$ 300 ainda em julho, para aqueles que se cadastrarem até dia 23 de junho e estiverem aptos para receber o benefício.

“O cartão do SC Mais Renda poderá ser utilizado no pagamento de alimentação e despesas essenciais em milhares de estabelecimentos credenciados em todos os municípios catarinenses”, informou o governador Carlos Moisés (PSL).

Podem solicitar o SC Mais Renda trabalhadores que perderam o vínculo formal de emprego entre 19 de março de 2020 e 1º de maio de 2021 nos seguintes segmentos:

  • alimentação,
  • hospedagem,
  • eventos,
  • design,
  • artes cênicas,
  • turismo, e
  • transporte público

No entanto, esses trabalhadores não podem ter recebido o auxílio emergencial federal e o seguro-desemprego, entre outros, e não tenham vínculo ativo de trabalho até 9 de junho de 2021.

A aprovação será disponibilizada na consulta ao Portal de Serviços, onde foi realizada a inscrição, bem como informado pelo e-mail cadastrado.

Também serão contempladas as famílias que constam no CadÚnico até o dia 9 de junho de 2021 e estão em situação de pobreza ou extrema pobreza, desde que não tenham recebido o benefício do Programa Bolsa Família nem auxílio emergencial federal.

Neste caso, a aprovação do benefício será automática, após o cruzamento de informações quanto aos requisitos impeditivos.

 

Fonte: ND+

Destaques do Blog

Aprovado projeto que prorroga incentivos fiscais a empresas por até 15 anos

O Senado aprovou, nesta quarta-feira (6), o projeto de lei complementar (PLP) 5/2021 que prorroga até 2032 incentivos fiscais concedidos pelos estados e pelo Distrito Federal para empresas no âmbito da guerra fiscal entre essas unidades federativas resolvida pela Lei Complementar 160/2017. Aprovado com 67 votos favoráveis, três votos contrários e uma abstenção, a matéria será […]

Com planejamento, empreendedorismo por necessidade pode virar uma grande oportunidade

Desde o início da pandemia do coronavírus, empreender virou uma necessidade para milhões de brasileiros que enfrentam o desemprego e buscam uma fonte de renda. De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2020, realizada no Brasil pelo Sebrae em parceria com o Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), a taxa de empreendedorismo […]

Regularização do MEI deve ser feita até dia 31 de agosto.

Até o dia 31/08/2021, o MEI poderá regularizar seus débitos (INSS, ISS e ICMS) por meio de recolhimento em DAS, acessando o PGMEI, ou parcelando. A partir de setembro, a Receita Federal (RFB) encaminhará os débitos apurados nas Declarações Anuais Simplificadas para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei), não regularizados, para inscrição em Dívida Ativa. O envio […]

Fale Conosco

Unidade Blumenau

47 3035-4485

Unidade G. Fpolis

48 3374-4130

Unidade St. Amaro

48 4107-1970

Unidade São Paulo

11 3568-2839