Group Consultoria e Contabilidade – Blumenau e Gde. Florianópolis Como vender para grandes empresas: cinco dicas de como chegar lá | Group Consultoria e Contabilidade - Blumenau e Gde. Florianópolis

Como vender para grandes empresas: cinco dicas de como chegar lá

Ter grandes clientes é o sonho de muitos empresários, entretanto é preciso mais que um bom produto para ter sucesso na negociação

O que é o sucesso para um pequeno negócio? Cada empresário tem a sua própria receita. Para alguns, sucesso e ter um produto de qualidade. Para outros, uma carteira fiel de clientes ou contar com um bom planejamento de compra e venda. Mas, se há algo com que todos concordam é que o sucesso de uma empresa precisa se traduzir em resultado de vendas. Nesse sentido, um dos caminhos que os pequenos negócios contam para o sucesso é a conquista de grandes clientes, que representam um mercado certo e uma receita significativa para as empresas.

Vender para grandes clientes traz uma complexidade proporcional à oportunidade. Ao contrário da venda direta ao consumidor ou mesmo a outro pequeno negócio, a venda para grandes players exige preparação e dedicação do empresário, adequação do seu perfil comercial, de processos, de marketing e produto. Conhecer bem o negócio, suas possibilidades e limitações são fundamentais para realizar grandes negociações de sucesso, além de uma boa pitada de persistência e foco. O encadeamento produtivo é uma outra opção e consiste na participação dos pequenos negócios em cadeias de produção das grandes empresas. Cada dia mais o mercado tem exigido posturas sustentáveis das empresas de grande porte, fazendo com que elas comprem de fornecedores que possuem essa mesma postura.

Considerando essa oportunidade, o Sebrae reuniu cinco dicas para quem pretende vender para uma grande empresa. Confira as sugestões abaixo e veja outras dicas de negócio no canal do Sebrae no YouTube.

Para saber mais sobre encadeamento produtivo, clique aqui e assista ao vídeo.

1. Estude bem a empresa para a qual você pretende atender

Antes de vender para uma grande empresa, pesquise a cadeia de suprimentos desse negócio. Entenda sua relação com fornecedores, as margens praticadas, se possui relacionamentos mais duradouros ou mais efêmeros com fornecedores. Busque opiniões do mercado e o quanto seu potencial cliente é aberto a negociar e a conversar com seus fornecedores. Grandes empresas oferecem, além de boas margens comerciais, programas de capacitação e investimento em fornecedores. Esse é um diferencial que deve ser considerado na escolha do cliente ideal.

2. Conheça seus requisitos e adeque seu negócio.

Seja moda, construção civil, alimentos e bebidas ou qualquer outro segmento, cada grande cliente ou grande cadeia de suprimentos tem uma série de requisitos que são exigidos de seus fornecedores. O motivo? Os processos são mais departamentalizados, estruturados, com necessidades de auditorias e aprovações externas. Com grandes volumes de produtos e fornecedores, é natural que empresas de maior porte tenham preocupações com padrões de qualidade e funcionalidade que garantam a excelência da marca. Por isso, se pretende vender para uma grande empresa pesquise o conjunto de requisitos, certificações e outras condições exigidas de seus fornecedores e entenda as possibilidades de adequação de seu produto e seu negócio.

3. Considere as adequações. Vale a pena vender para a grande empresa?

Após estudar a cadeia de suprimentos, seu perfil, requisitos e exigências, volte para o seu negócio e avalie as necessidades de adequações e investimento. Não se esqueça que o ciclo de vendas para grandes empresas é longo, que ainda será necessário passar por etapas como validação e cadastro de fornecedores, negociação, aprovação e formalização do pedido, produção, entrega e pagamento. Considere se o custo das adaptações cabe no planejado para investir, se será necessário acessar crédito e qual o retorno do investimento que essa nova parceria poderá trazer. Em alguns casos o custo de aquisição desse novo cliente não compensa – no curto prazo – o investimento em adequações.

4. Saiba negociar

A compra em volumes maiores e regulares é uma das vantagens da venda para grandes empresas, por outro lado, quase sempre vem acompanhada orçamentos menos flexíveis, negociações mais agressivas por preços baixos e pouca possibilidade de negociação. Por isso é fundamental conhecer os custos do seu produto e entender exatamente qual seu limite de negociação. Nessa arte é fundamental precificar bem e conhecer as especificidades de cada grupo de decisores para apresentar argumentos corretos. Para o time do comercial, a defesa dos custos é fundamental, enquanto para o time de fábrica/produção os detalhes sobre a qualidade e funcionalidade sobre o produto é o foco da conversa. É importante ficar de olho no ciclo de vendas do produto, que em geral é maior em volumes maiores e planejar seu fluxo de caixa.

5. Simplifique o processo. Crie diferenciais

A relação entre cliente e fornecedor por vezes pode ser demorada e causar algum desgaste e desconforto. São muitas áreas envolvidas, muitas decisões, muitos critérios e documentos que podem tornar o processo, além de moroso, burocrático. Portanto, busque facilitar garantindo que todos os documentos estejam preenchidos corretamente, mantendo em dia as certidões e certificações exigidas, promovendo um canal fluido de comunicações entre o fornecedor e o seu negócio. Crie diferenciais frente aos seus concorrentes facilitando o atendimento e entendimento das demandas, entregando conteúdo que aproxime as relações de negócios e boas práticas. Participe de eventos e outras iniciativas promovidas pela grande empresa. Esteja atento às mudanças em seu modelo de negócio e se coloque sempre disponível a aprender. Essas práticas caminham em paralelo com a atuação para a venda do produto e podem ser diferenciais para a longevidade do seu negócio.

Assessoria de Imprensa Sebrae

Destaques do Blog

Pix tem quase 4,4 milhões de portabilidade de chaves

Os usuários do Pix já fizeram 4,39 milhões de portabilidade de chaves, entre 5 de outubro e o último domingo (22), informou hoje (24) o Banco Central (BC). O número de chaves cadastradas chegou a 83,49 milhões. As chaves são a forma de identificação do recebedor no novo sistema de pagamentos e transferências instantâneas. Com […]

Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais: tudo O que você precisa saber.

I – INTROITO “Os dados são o novo petróleo”. Essa afirmação carrega muito da transformação pela qual o mundo passou nas últimas décadas. Com a ampliação do uso da internet, cada vez mais as relações se desenvolvem nesse meio. Como consequência, dados pessoais são constantemente transacionados. De compras on-line a redes sociais, de hospitais a bancos, de escolas […]

Fazenda lança aplicativo Malhas Fiscais

Para otimizar os trabalhos no combate à sonegação fiscal, a Secretaria de Estado da Fazenda (SEF/SC) lança, o aplicativo Malhas Fiscais. O objetivo é buscar valores que foram omitidos do Fisco e a regularização de pendências fiscais, transformando dados em informação e potencializando o controle de qualidade das organizações contábeis. O sistema, desenvolvido pelo Grupo […]

Fale Conosco

Unidade Blumenau

47 3035-4485

Unidade G. Fpolis

48 3374-4130

Unidade St. Amaro

48 4107-1970

Unidade São Paulo

11 3568-2839